Jac Leirner - Artista | Almeida & Dale

Jac Leirner

São Paulo - São Paulo, 1961

Jac Leirner trabalha com coletas obsessivas de objetos cotidianos, em sua maioria descartáveis, insignificantes e totalmente impessoais. Essa apropriação e reapresentação de objetos comuns em forma de coleções revela um olhar para o refugo, para o acúmulo das sobras cotidianas: uma busca por memórias invisíveis, perdidas no tempo. Algumas de suas séries demoram até quinze anos para serem concluídas.

Em meados da década de 1980, seu trabalho assume um viés mais construtivo, organizando os objetos coletados em grandes composições. Nesta fase, realizou diversos trabalhos com papel-moeda. Em Os Cem (1987) utiliza notas de 100 cruzeiros. As células são furadas, presas em longas tiras, costuradas sobre tecido ou papelão dispostas pelo espaço ou organizadas em caixas, envelopes e pequenos arranjos.

Jac Leirner expôs na 17a e na 20a Bienal Internacional de São Paulo e na Documenta 9 (Kassel, Alemanha). Participou de exposições na Inglaterra, França, EUA e Japão, entre outros países. Em 1991, atuou como artista residente no Walker Art Center, em Minneapolis, nos Estados Unidos e foi professora convidada da Universidade de Oxford, bem como, artista residente no Museu de Arte Moderna da mesma cidade.

Adesivo 3, s.d

adesivo sobre vidro moldado
8 x 77 x 270 cm

Série Os Cem, s.d.

cédulas e cordão
6,8 x 36,8 x 15,5 cm (medidas variáveis)

Pulmão (Múltiplo), 1987

Dez invólucros de celofane em caixa de acrílico
22 x 09 x 0,6 cm

Sem título, s.d.

sacolas plásticas
25 x 130 x 34 cm

Série sacolas, 2008

sacolas plásticas acondicionadas em caixa de acrílico
70 x 108 x 4 cm

Todos os cem, 1998

esferográfica e hidrográfica sobre papel moeda
51 x 589 cm

Segunda a sexta-feira das 10h às 18h
Sábado das 11h às 16h
Exceto feriados

+55 11 3882 7120
galeria@almeidaedale.com.br

Rua Caconde, 152 – 01425–010
São Paulo – SP