Raymundo Colares - Artista | Almeida & Dale

Raymundo Colares

Grão Mogol - Minas Gerais, 1944 Montes Claros - Minas Gerais, 1986

A produção de Raymundo Colares se destaca no cenário artístico do Brasil da década de 1970; um contexto de renovação da pintura. Sua obra estabelece um diálogo entre o legado estético da arte concreta e elementos da cultura de massas, como a publicidade, fotografia e cinema.

Colares mostra uma preocupação em produzir uma arte fundada no modernismo assim como no concretismo, e ao mesmo tempo em diálogo com a cultura pop de seu tempo. O próprio artista identifica aí uma conexão com o futurismo italiano pela vontade de representar o dinamismo e a velocidade da vida moderna. Suas composições são estruturadas pelas intersecções e sobreposição de ritmos visuais, remetendo ao movimento de veículos em velocidade em uma grande cidade. Usa tintas metálicas para pintar cores e números, imagens que sintetizam a estética das carrocerias de ônibus, como produtos da sociedade industrial.

Seus "gibis", produzidos a partir de 1968 são Livros-objetos sem texto, que devem ser manipulados pelo espectador. São obras processuais em que as imagens se formam à medida que as páginas são movimentadas.

Gibi, s.d.

livro de papel colorido recortado
43,5 x 43,5 x 0,4 cm

Gibi s.d.

livro papel colorido e recortado
43,6 x 43,5 x 0,4 cm

Gibi s.d.

livro de papel colorido recortado
43,8 x 43,8 x 0,3 cm

Gibi s.d.

livro de papel colorido recortado
45 x 45 x 0,5 cm

Gibi s.d.

livro de papel colorido recortado
43,5 x 43,5 x 0,3 cm

Gibi s.d.

livro de papel colorido recortado
15,8 x 31,7 x 0,3 cm

Segunda a sexta-feira das 10h às 18h
Sábado das 11h às 16h
Exceto feriados

+55 11 3882 7120
galeria@almeidaedale.com.br

Rua Caconde, 152 – 01425–010
São Paulo – SP