Iberê Camargo - Artista | Almeida & Dale

Iberê Camargo

Restinga Seca, Rio Grande do Sul, 1914 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 1994

As obras de Iberê Camargo transitam pelo gestualismo abstrato, naturezas mortas, paisagens e retratos; carregados de sombra e silêncio.

Entre as décadas de 1960 e 1970, tons escuros e azulados predominam em suas telas. É dessa época a conhecida série Carretéis, objetos usados como brinquedos em sua infância. Inicialmente, Iberê Camargo cria uma série de composições com muitos deles, representando-os de forma figurativa. E gradualmente, dilui a forma dos carretéis, transformando-os em massas de tinta e áreas de cores em direção a uma abstração gestual e também expressiva.

A partir de meados da década de 1980, sua obra tem forte conexão com a linhagem expressionista, uma arte que trata da condição humana. Suas telas priorizam a figura humana, com personagens frequentemente solitárias, vagando por ambientes vazios, de onde surgem as séries Ciclistas; Idiotas e um de seus últimos conjuntos de obras, Tudo te é falso e inútil, de 1992.

Signos III, 1975

óleo sobre tela
100 x 141 cm

Paisagem - Poços de Caldas, 1959

óleo sobre tela
65 x 92 cm

Fiada de carretéis - (4), 1961

óleo sobre tela
90 x 180 cm

Um dado, 1983

óleo sobre tela
30 x 42 cm

Branco e verde, 1976

óleo sobre tela
40 x 57 cm

Sem título, s.d.

óleo sobre tela
46 x 55 cm

Segunda a sexta-feira das 10h às 18h
Sábado das 11h às 16h
Exceto feriados

+55 11 3882 7120
galeria@almeidaedale.com.br

Rua Caconde, 152 – 01425–010
São Paulo – SP