Mira Schendel - Artista | Almeida & Dale

Mira Schendel

Zurique - Suíça, 1919 São Paulo - São Paulo, 1988

Morando entre Milão e Roma, as primeiras produções de Mira Schendel são naturezas mortas e retratos a óleo, nas quais vai progressivamente reduzindo os elementos a figuras essenciais. Já no final da década de 1940, a artista volta-se para a experimentação material, abrindo mão da figuração. Passa a explorar a tinta a óleo e a aquarela no tratamento da superfície da tela, em busca dos resultados que o embate com a materialidade possa lhe oferecer.

A partir da década de 1960, intensifica seu diálogo com os materiais e suportes. Começa a criar séries, nomeadas de acordo com a modalidade ou o processo de trabalho que adota: Bordados (trabalhos com papel japonês, feitos com tinta ecoline) e Monotipias (impressões únicas sobre papel arroz); e que são características desse enfoque. O papel arroz, tradicionalmente usado na gravura e vindo da cultura oriental milenar, era um favorito da artista. Além de remeter à tradição material da arte, é um suporte delicado; mas altamente qualificado, refletindo assim sua relação com a materialidade na produção.

Suas pesquisas materiais transbordam para o tridimensional. Suas instalações evidenciam as propriedades ambíguas dos materiais. Em Ondas Paradas de Probabilidade (1969), apresentada na 10a Bienal Internacional de São Paulo, cria um ambiente de imersão com fios de nylon; explorando o jogo entre transparência, solidez e flexibilidade.

A obra de Mira Schendel é múltipla e abrangente; marcada por uma poética delicada e silenciosa. Sua dedicada exploração dos meios e materiais é inspiração para uma parte significativa de artistas brasileiros contemporâneos. Participou de diversas edições da Bienal Internacional de São Paulo, além de ter mostras individuais em museus como o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) e Signals Gallery (Londres, Inglaterra). Em 2014, a Tate Gallery de Londres apresentou uma retrospectiva de sua obra.

Símbolos (Série Cálculos), 1974

caneta hidrográfica sobre papel
106 x 66 cm

Sem título, década de 60

óleo sobre tela
100 x 70 cm

Sem título, 1964

óleo sobre tela
30 x 30 cm

Sem título, Década de 60

têmpera sobre madeira
39 x 23,5 cm

Sem título, s.d

nanquim sobre papel
26 x 23 cm

Sem título, da Série Discos, 1971

acrílico e metal
9 Ø x 1,5 cm

Sem título, s.d

óleo sobre tela
75 x 75 cm

Sem título, 1964

técnica mista sobre papel
30,5 x 23 cm

Sem título, 1964

técnica mista sobre papel
30,5 x 23 cm

Sem título, 1963

crayon sobre papel arroz
43,5 x 21,5 cm

Sem título, 1969

monotipia sobre papel
51 x 27 cm

Sem título, s.d

óleo sobre papel
20 x 15 cm

Segunda a sexta-feira das 10h às 18h
Sábado das 11h às 16h
Exceto feriados

+55 11 3882 7120
galeria@almeidaedale.com.br

Rua Caconde, 152 – 01425–010
São Paulo – SP